Publicado por: sibotelho | 17 17UTC agosto 17UTC 2009

PRODUÇÃO DA VACINA…A GRIPE SUÍNA:Brasil já recebeu material para começar a produzir vacina contra a gripe suína (informação retirada do jornal O Globo)

 

11 de agosto de 2009

BRASÍLIA, SÃO PAULO – O presidente da Fundação Instituto Butantan, Isaías Raw, afirmou nesta terça-feira, que a cepa (linhagem) do vírus Influenza H1N1 para a produção da vacina contra a gripe suína já chegou ao Brasil. Segundo ele, a instituição deverá produzir, inicialmente, 30 milhões de doses da vacina contra a doença. A cepa foi enviada ao país pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e recebida no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A estimativa de Raw é que a vacina comece a ser distribuída no Brasil em janeiro de 2010.
Segundo a assessoria da Fundação Instituto Butantan, a reprodução do vírus e os testes que resultarão na vacina começarão em outubro, com a inauguração da fábrica de Influenza no complexo da Fundação.
O Ministério da Saúde também está negociando com o laboratório francês Sanofi Pasteur a importação de 17 milhões de doses da vacina, que serão armazenadas também no Butantan.
Leia também: Mortes pela nova gripe chegam a 192
Ao participar de audiência pública sobre a influenza A (H1N1) – gripe suína – na Câmara dos Deputados, Raw garantiu que não há capacidade industrial, nem no Brasil, nem no resto do mundo, para que todas as pessoas sejam vacinadas.
– Isso é conversa, não existe e não vai existir. Trinta milhões (de doses) não vacinam todo mundo – disse, ele ao destacar a prioridade para profissionais de saúde, dentre outros.
– A meta é saúde pública, não é lucro. Prevenir é mais barato do que tratar. Ninguém vai fazer uma loucura e montar milhões de hospitais – afirmou.
Leia também: Para OMS, auge da doença já passou no hemisfério sul
Sobre a possibilidade de incluir gestantes como grupo prioritário para vacinação, diante do alto número de óbitos provocados pela gripe suína, ele admitiu que não se sabe ainda se há algum efeito da vacina na formação do feto. Para Raw, mulheres grávidas não devem receber a vacina, mas o tratamento com Tamiflu. Crianças, segundo o médico, também devem ser vacinadas o mais rápido possível, já que muitas vezes o vírus chega aos familiares vindo das escolas.
– Mas não vão ser vacinadas este ano porque não há vacina suficiente – ressaltou.

[http://tv.estadao.com.br/videos,GRIPE-SUINA-MAIS-DE-MIL-CASOS-NO-MUNDO,56714,250,0.htm]

2o texto retirado da Internet a respeito das vacinas.

 

 

Brasil deve começar a produzir vacinas contra gripe A em outubro
Previsão do Ministério da Saúde é de que número de casos reduza com o fim do inverno

Luciane Kohlmann | Brasília (DF) Atualizada às 20h35minO Brasil deve começar a produzir em outubro as vacinas contra a nova gripe. O Instituto Butantan confirmou que chegou, nesta terça, dia 11, ao Brasil a cepa do vírus, que é a matéria-prima para elaborar um antídoto eficaz.

O presidente do instituto, Isaias Raw, afirmou em audiência na Câmara dos Deputados que a cepa do vírus da nova gripe já está no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Com a chegada do material, a expectativa é que a produção de 30 milhões de doses comece em outubro. Mas a vacina só deve estar disponível no início do ano que vem.

– A chegada da cepa é um procedimento regular. Ele tem de ser liberada da alfândega e vai ser! Ninguém vai segurar. E nós vamos começar a produzir os lotes sementes. É em cima dele que nós vamos começar a trabalhar as vacinas – afirmou Raw.

Durante o debate, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, confirmou que 77% dos casos atuais de gripe são causados pelo vírus H1N1.

A previsão do Ministério da Saúde é de que o número de casos da nova gripe reduza bastante com o fim do inverno. No entanto, o governo federal promete dar continuidade ao trabalho de prevenção e tratamento da doença.

– A expectativa, seguindo o curso de outros países, é que também, nas próximas semanas, tenha uma diminuição tanto de número de casos e de atendimento por gripe, qualquer gripe, como em especial de casos graves – afirma o diretor de vigilância epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage.

O diretor do Hospital Emílio Ribas de São Paulo, David Uip, destaca que as regiões Sul e Sudeste, com maior concentração da doença, possuem três características: inverno rigoroso, fronteira com países vizinhos e grande quantidade de viajantes. Por isso, ele acha que a chegada do verão não deve ser o suficiente.

– A situação mais eficaz de prevenção é a vacina. Então a grande expectativa é realmente à resposta da vacina que deve estar no Brasil em dezembro – diz.

Publicado em Economia diária, Mundo, Saúde, Tecnologia | Tagged doença, gripe, gripe suína, Saúde | Deixar um comentário »

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: